PISTA DO AEROPARQUE

4ª ETAPA DA COPA SUL DE MOTOCROSS
Novembro - 2004

Domingo, 21 de novembro/2004, aconteceu em Paranaguá a 4ª etapa da Copa Sul de Motocross. Finalmente depois de quatro eventos anteriores acontecerem com chuva desta vez ainda que timidamente o sol apareceu para dar o ar de sua graça. Como das vezes anteriores o público compareceu em massa, lotando as arquibancadas e em toda a extensão da pista e vibrou muito com a vitória emocionante do piloto parnanguára Silvio Soares de Souza, da Motoshow Multimarcas, na categoria Intermediaria, onde desde a largada liderou todas as voltas, recebendo a bandeirada final com grande aplauso do público presente.

Tivemos ainda alguns momentos de emoção quando a empresa parnanguára Litoral Informática junto com o Moto Clube Paranaguá fez o lançamento oficial da Campanha Natal sem fome, onde na compra de qualquer produto nesta empresa o consumidor estará doando uma parte da venda para o natal dos menos favorecidos que será entregue na 20ª edição da Campanha Presentes de natal para as crianças do mato e das ilhas, em dezembro próximo.

As surpresas maiores desta etapa foi a participação em massa dos pilotos mirins, na categoria 50 cilindradas, o gate de largada contou com 14 motos alinhadas, com a vitória tranqüila do mini-piloto Tauan Brenner, de Camboriú, de apenas 7 anos de idade; o melhor parnanguára nesta categoria foi o estreante Eduardo Rocha, contou com o “paitrocinio” das Telhas Rocha; na categoria 60 cilindradas a vitória indiscutível do piloto Endrews Armstrong, de Colombo, que dominou a corrida do inicio até a bandeirada final, não sendo ameaçado em momento nenhum; o piloto revelação parnanguára, Everaldo Bonsenhor Jr., o Juninho, não teve uma boa largada e numa corrida de recuperação conseguiu estar em terceiro lugar até que um tombo no salto duplo o fez cair para décimo colocado, demonstrando muita garra, conseguiu recuperar de volta a posição e quando “brigava” pelo 2º lugar, numa manobra mais arriscada voltou a cair e dessa vez ficou em último lugar; de novo, Juninho correu muito e no final terminou ainda em 5º lugar.

Na categoria 80 cilindradas, apesar da vitória indicutível do piloto João Paulo Balaban, de Curitiba, não houve muita disputa, já que alinharam apenas três motos na largada.
Na categoria Open uma disputa emocionante aconteceu desde a largada, quando o piloto parnanguára, Silvio Soares de Souza, foi atrapalhado por outro piloto e numa manobra emocionante consegue recuperar a liderança ainda na 1ª volta, ultrapassando o líder num salto fantástico no “duplão”; dali pra frente o piloto parnanguára dominou a corrida, porém, na segunda metade da prova, um problema mecânico com sua moto causou o final de corrida para o Silvio; mas, as emoções não pararam por aí, o piloto curitibano, Guilherme Boeing, que fizera uma péssima largada, vem recuperando posições e com a saída do Silvio, passa a liderar a prova e conquista o público presente. Para quem não sabe, este mesmo piloto que venceu na categoria Open, há 21 anos atrás, ainda com 16 anos foi o vencedor de várias corridas aqui em Paranaguá na antiga pista do Rio das Pedras, sagrando-se inclusive campeão Paranaense em 1983.

Na categoria Força Livre Nacional, onde era muito grande a participação de pilotos parnanguáras, a vitória foi de Murilo Manzatti, de Campo Largo, ficando em segundo o piloto parnanguára, Willian Schoroeder, que com este resultado passa a liderar a Copa Sul de Motocross e vai em busca de mais um título para nossa cidade, quando disputará a última etapa da Copa no mês que vem; em 4º lugar, ainda se recuperando de uma fratura no pé, chegou outro piloto parnanguára, Jairo Ferreira, muito aplaudido também pelo público presente.
Finalmente na Categoria Força Livre Especial a vitória sorriu para o piloto Kurt Airton Rocha, de Pinhais, que apesar de estar treinando sempre aqui na pista do Aeroparque, só conseguiu a vitória porque o piloto Rafael Silva, de Curitiba, de apenas 15 anos de idade, teve um problema mecânico com sua moto e acabou desistindo da corrida.

Ésta etapa contou com patrocínio da Sambaqui Motos, promoção da Prefeitura Municipal de Paranaguá através da Fundesportes, organização do Moto Clube Paranaguá, supervisão da Federação Paranaense de Motociclismo; apoio do Projeto Esportivo Esporte Popular, Hidéia Publicidade, Adrenalina Moto Peças e Litoral Informática.

CAMPEONATO PARANAENSE DE ARENA CROS
3ª etapa, 18/07/2004

Foi no domingo, a 3ª etapa do Campeonato Paranaense de Arena Cross. Com a participação de 70 pilotos, divididos em cinco categorias.

Apesar do mau tempo, o público compareceu em massa para assistir o evento na pista do Aeroparque. A supervisão da prova foi da Federação Paranaense de Motociclismo, com apoio da Fundação Municipal de Esportes, Guarda Municipal, Policia Militar e Corpo de Bombeiros, a organização ficou à cargo do Moto Clube Paranaguá.

Com um expressivo numero de pilotos, nossa cidade teve representantes em quase todas as categorias. Na categoria 60 cilindradas a vitória foi de Vinicius de Oliveira, de Reserva-Pr.; em 2º lugar chegou Lucas de Oliveira, de Colombo; em 3º Leonardo Rosa, de Curitiba; o parnanguára, Everaldo Bonsenhor, Junior, o Juninho, chegou em 5º lugar, pois teve alguns problemas com sua moto.

Na categoria 80 cilindradas, uma vitória facílima do piloto Jean Carlo Ramos, de Curitiba, em 2º chegou Tiago Bordin, de Curitiba; em 3º João Paulo Balaban, Curitiba. Na categoria 125 especial a vitória sorriu para Leandro Nunes, de Curitiba; em 2º Kurt Airton Rocha, de Pinhais; 3º ficou Rafael Silva, de Porto União.

Na categoria Força Livre Nacional, brilharam os pilotos locais, o vencedor foi Willian Schoereder, de Paranaguá, em 2º ficou Eduardo Pitter Cunha (caqui), de Paranaguá, 3º Willian C. Mansano, de Pitanga.

Na Força Livre Especial, a vitória foi de Iwan Mykytczuk Júnior, de Curitiba, em 2º chegou Kurt Airton Rocha, de Pinhais, em 3º Rafael Silva, de Porto União.

Treinos Cronometrados
Junho / Julho e Agosto de 2004

Visando movimentar ainda mais a pista do Aeroparque, o pessoal do M.C.Pguá., aderiu a idéia dos pilotos locais criando os Treinos Cronometrados que acontecem no final de cada mês e somados os pontos após as três etapas foram entregue os troféus aos melhores classificados de cada categoria.

Resultados:

CATEGORIA 60 CILINDRADAS

1º lugar -Everaldo Bonsenhor Junior
2º lugar - Cleison Ferreira
3º lugar
- Juninho

CATEGORIA FORÇA LIVRE NACIONAL

1º lugar - Jaqueson Ferreira
2º lugar - Jairo Ferreira
3º lugar - Wilian Roberto Schoroeder
4º lugar - Jean Correa
5º lugar - Marcelo Joaquim Silva (aloprado)

CATEGORIA FORÇA LIVRE ESPECIAL

1º lugar - Silvio Soares de Souza
2º lugar - Fernando Ferreira
3º lugar - Marcos Rogerio Tavares - (Curitiba)
4º lugar - Delano Soares - (Curitiba)
5º lugar - Walter Navarro - (Curitiba)

COPA VERÃO DE MOTOCROSS
2ª Etapa, Paranaguá - Fevereiro 2004

Foi no domingo, na pista do Aeroparque, e apesar das fortes chuvas que desabaram neste final de semana a pista estava lotada, aliás, mesmo no sábado à tarde o público já lotava as arquibancadas para assistir aos treinos dos pilotos.

Houve ainda um moto-passeio com saída de Curitiba e chegada em Paranaguá com um contingente de aproximadamente mil motos que foram recebidos por representantes de todos os moto clubes locais na entrada das cidade com faixas de boas vindas e muito foguetório.

A primeira etapa desta Copa Verão de Motocross foi em Apucarana, em janeiro passado e a derradeira será no domingo que vem, dia 22 em Guaratuba.

Com mais de oitenta pilotos inscritos os organizadores de comum acordo com os pilotos resolveram cancelar a bateria da categoria mini-motos, já que os pilotos desta categoria tem menos de 10 anos de idade.

A largada da primeira bateria foi das 60 cilindradas que com a pista molhada pela chuva causou muitos tombinhos e escorregões dos pilotos-mirins; acabou sobrando lama e muitos escorregões também para os pais e mães dos pilotos que corriam paralelo à pista para socorrer seus pimpolhos.

As baterias que se seguiram tiveram muitas disputas com muitas ultrapassagens, tombos, derrapagens e escorregões, porém, sem maiores gravidades devido a baixa velocidade desenvolvida pelas motos face ao “mar de lama” em que se transformou a pista.

Bastante comemorada foram as duas vitórias do piloto parnanguara, Jaqueson Ferreira, que vem se destacando nas pistas de motocross e Velocross, e acabou se transformando em herói da tarde, com as vitórias nas categorias: Cidade e Força Livre Nacional; onde disputou palmo à palmo com o piloto Claudiomiro Pereira, de Curitiba, que tem muito mais experiência e melhor equipamento que ele. 

Na última bateria, na categoria Força Livre Especial, a mais emocionante disputa ocorreu entre o piloto Iwan Júnior, de Curitiba, bastante conhecido do público parnanguára, já que inúmeras vezes participou de provas aqui em Paranaguá, e Bodo Bartz, de Faxinal; no final, depois de uma “trombada” com um retardatário e alguns tombos por conta do piso escorregadio a vitória ficou com o piloto Iwan, que foi aplaudido de pé pelo público presente e para comemorar deu algumas “entortadas” nos saltos defronte as arquibancadas.

Esta etapa teve patrocínio da Sambaqui Motos; realização da Prefeitura Municipal de Paranaguá; promoção da Fundesportes, organização do Moto Clube Paranaguá, supervisão da Federação Paranaense de Motociclismo; apoio do Projeto Esporte Popular, 9º BPM, Corpo de Bombeiros, Guarda Municipal e Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Serviços Urbanos.

Na categoria 60 cilindradas a vitória foi de João Vinicius de Oliveira, de Reserva-Pr.; em 2º lugar ficou Giovani Serafim Daros, de Foz do Iguaçu; 3º lugar Lucas Oliveira, de Colombo. Na categoria 80 cilindradas a vitória foi de Renan Baier, de Ponta Grossa, que foi o único piloto de sua categoria e correu com os pilotos da 60 cilindradas e pontuou em separado. Na categoria 125 especial a vitória foi de Jonathan Menegasso, de União da Vitória; em 2º lugar Hagen Bartz, de Faxinal; em 3º Marcelo Shimoguiri, de Guarapuava; na Categoria Força Livre Nacional vitória de Jaqueson Ferreira, de Paranaguá; 2º Claudiomiro Pereira, de Curitiba; 3º Cristiano Fernandes, de Ctba; na categoria Intermediária o vencedor foi Rafael Ribeiro, de Curitiba; em 2º Bodo Bartz, de Faxinal; 3º Michel Pereira, de Curitiba; 4º Bruno Souza Silva, de Paranaguá. Na categoria Cidade: vitória de Jaqueson Ferreira, de Pguá.,; em 2º Eduardo Piter Cunha, Pguá; 3º Ezequias da Rocha. Na categoria Open vitória de Leandro Werner Cardoso, de Itapema-SC.; 2º Rafael Lugarini, de Ctba; 3º Nasri Sarkis, da Lapa.

COPA FUNDESPORTES/SAMBAQUI MOTOS DE MOTOCROSS
Dezembro de 2003

No domingo, dia 14, aconteceu a tão aguardada inauguração oficial da pista do Aeroparque, depois de 20 anos de espera finalmente a população parnanguára e os aficcionados pelo motocross puderam comemorar uma grande vitória que foi a construção da pista do Aeroparque, com ótima estrutura e excelente localização, práticamente no centro da cidade; com promessas do prefeito municipal de futuramente ainda poder contar com iluminação noturna, arquibancadas fixas e sanitários para o público e pilotos.

Com patrocínio da Sambaqui Motos, realização da Prefeitura Municipal de Paranaguá, promoção da Fundesportes, apoio do Projeto Esportivo Esporte Popular e organização do Moto Clube Paranaguá.
Apesar do final de semana com chuva o público parnanguára compareceu em massa, estimado em mais de cinco mil pessoas. A pista bastante encharcada exigiu muita perícia e resistência física dos pilotos.

Após as palavras do prefeito municipal Mario Roque, do presidente da Câmara de Vereadores, Ricardo e do presidente do Moto Clube Paranaguá, Jorge Cancella; foi dada a largada para a primeira bateria da categoria nacional, com muita garra o piloto Marcelo “aloprado” depois de várias disputas com outros pilotos e muita lama foi o primeiro à receber a quadriculada.

Logo em seguida houve a largada da 1ª bateria da força livre especial (motos importadas), que m pulou na frente foi o piloto Altair Duarte Rocha o “cabelo”, demonstrando muita técnica deu um show de pilotagem, com muitas “entortadas” nas rampas de salto, levou o público presente ao delírio, mas no finalzinho da competição, começou a cair uma chuva forte e com alguma dificuldade para se recuperar de um tombo foi ultrapassado pelo jovem piloto Bruno que não perdeu mais a posição e foi o vencedor desta bateria.

Após acalmar um pouco a chuva foi dada a largada para a 2ª bateria da categoria força livre nacional, desta vez quem pulou na frente foi o piloto Cleber Leão, que conseguiu segurar a posição até o finalzinho da prova que teve de ser interrompida porque a chuva aumentou e virou um verdadeiro dilúvio, mas como já haviam superado mais de 70% da competição, o resultado foi validado e a 2ª bateria da categoria especial foi cancelada, por não haver condições de segurança mínima da pista que estava alagada.

O resultado final foi: na categoria força livre nacional o campeão foi Marcelo José “aloprado, em segundo lugar ficou Cleber Leão e em terceiro Jaqueson Ferreira, os destaques desta categoria foram o 6º lugar conquistado pelo piloto mirim Everaldo Bonsenhor Junior, de apenas 8 anos de idade, que com sua pequena moto de apenas 60 cilindradas deixou muito marmanjo para trás; e o veterano piloto de motocross, Carlos “sapateiro” Santos, que apesar de competir com uma moto bastante “cansada”, demonstrou para todos os outros participantes que o importante é competir.

Finalmente na categoria principal, a força livre especial, não foi muito diferente, a tarde também foi de outro jovem talento do motocross parnanguára, vitória de Bruno de Souza Silva, de apenas 16 anos; ficando em segundo lugar Altair Duarte Rocha, o “cabelo”; e em terceiro o piloto Silvio Soares de Souza.

Para ver mais fotos clique Aqui

Quem somos l A diretoria l Fale conosco l Fala presidente l Natal no mato e ilhas
Campanha do agasalho l Trial e trialeiros l Motocross e pilotos l Trilhas e trialheiros
Pista do aeroparque l Pista do marreco l Calendário l Notícias
Classimotos l Galeria de fotos