TRILHA EM CAMPO MAGRO/BAR DO PAULO - 03.02.2007

Devido o convite dos trilheiros "Galo Véio" de Curitiba para conhecer as trilhas do Bar do Paulo, localizadas na região de Campo Magro, aprox. 20 Km de Curitiba, o grupo Javalama subiu a serra e foram se divertir no desconhecido, pois apenas o Mikoda é que já conhecia o percurso. Participaram desta aventura os Javalamas: Butori, Álvaro, Tony, Fabiano Nunes, Rodrigo, Mikoda, Cláudio, Elias, Bonsenhor e César.

 

                   Oficina do "Sopa"/Campo Magro-PR                                             Acesso às trilhas de Campo Magro

Cláudio: "Chegamos por volta das 08:30 h, após os Galo Véio terem nos conduzido por 15 min. até nosso ponto de apoio, que foi a oficina do "Sopa", onde de lá saímos às 09:00 h para a trilhas. Antes de entrarmos na trilha o Galo Véio "Ivo" passou algumas recomendações sobre os perigos de colisão com outras motos na trilha, devido o grande número de trilheiros curtindo este esporte nos finais de semana. Meus agradecimentos vão para todos Galo Veío e ao Borboleta pela amorosidade que vocês tiveram conosco."

   

              Galo Véio, acelerando na trrilha das cavas                                 Galo Véio, na subida da trilha da pedra lisa

Elias: "Na parte da manhã, que foi das 09:00 h até às 16:00 h, passamos pelas trilhas mais difíceis que foram: trilha das cavas, da manilha, da pedra lisa e outras e após o almoço, às 17:00 h, a volta foi mas tranqüila por trilhas de alta velocidade, particularmente para mim foi show de bola. Os Galo Veío e o Borboleta estão de parabéns pela atenção dedicada ao nosso grupo e também por terem escolhido um traçado misto intercalando trilhas leves, médias e pesadas."   

   

     César, retirando o guia quebrado e ajeitando a corrente                Bar Canelinha, ponto de apoio em Campo Magro

Bonsenhor: "Em nosso roteiro passamos, às 13:00 h, pelo Bar chagado de "Canelina" onde eu e o amigão Braguinha (Galo Véio) recarregamos nos energias desfrutando de um delicioso licor caseiro de canela e muita água. O mais incrível é que neste local além de ser um Bar é também praticamente um loja de peças para motos off road, pois vende desde um remendo até manetes, pastilhas e outras peças de uso constante. Acredito que neste local e no Bar do Paulo transitam mais de 300 trilheiros por final de semana. Obrigado a todos pela dedicação e preocupação com nosso grupo. Um forte abraço os Galo Véio, em especial ao Ivo que foi o abre trilha do inicio ao fim e também ao nosso amigão Borboleta que em vários momentos foi essencial para nossa referência."  

 

               Galo Véio "Ivo", atolado aguardado ajuda                             Borboleta, acelerando sua inseparável DT-180

Fabiano Nunes: "Apesar das constantes câimbras tive que aceleram muito minha CRF-230 nas trilhas do Bar do Paulo. Na trilha da pedra lisa, tive que deitar um pouco minha moto e acabei quebrando meu manete de embreagem, mas foi por pouco tempo, pois no Bar Canelinha já comprei outro e tudo voltou a ficar perfeito. Meu muito obrigado a todo grupo dos Galo Véio, pela atenção dedicada a nossa equipe, vocês são 100%."

 

      Bar do Paulo, pessoal repondo as energias no almoço                Bar do Paulo, estacionamento exclusivo para motos

César: "Já é muito bom passar um dia em companhia dos meus amigos Javalamas, e melhor ainda fazendo uma trilha com os Galo Véio e mais ainda num lugar desconhecido onde somos convidados. Este sábado vai ficar para a história do Moto Clube Paranaguá onde a amizade e a união do grupo marcou o evento. Apesar dos problemas com o guia de corrente da minha Tornado na subida da pedra lisa o restante foi tudo nota 10."

 

           Galo Véio, equipe completa pousando para foto                             Javalamas, sujos e imundos na foto final

 

Quem somos l A diretoria l Fale conosco l Fala presidente l Natal no mato e ilhas
Campanha do agasalho l Trial e trialeiros l Motocross e pilotos l Trilhas e trialheiros
Pista do aeroparque l Pista do marreco l Calendário l Notícias
Classimotos l Galeria de fotos